Brasileiros no Canadá

O jornal eletrônico da comunidade brasileira no Canadá

Archive for the ‘Reportagens’ Category

Carnaval do Brasil em Toronto 2013

Posted by José Francisco V. Schuster em 10/02/2013

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

2012 Brazilian Carnival Ball encerra trajetória de 46 anos com grande sucesso em Toronto

Posted by José Francisco V. Schuster em 16/09/2012

Relembre o Brazilian Carnival Ball de 2011 clicando aqui https://brasilnocanada.wordpress.com/2011/04/17/1604-brazilian-carnival-ball-2011/#

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Hasteamento da bandeira brasileira na Prefeitura de Toronto – 07/09/2012

Posted by José Francisco V. Schuster em 07/09/2012

Posted in Reportagens | 1 Comment »

Betsy Campos é a Miss Brazil Canada 2012

Posted by José Francisco V. Schuster em 06/05/2012

Posted in Reportagens | 2 Comments »

Candidatas ao Miss Brazil Canada 2012 são apresentadas à imprensa

Posted by José Francisco V. Schuster em 14/04/2012

As doze candidatas do concurso Miss Brazil Canada 2012 foram apresentadas neste sábado à noite para a imprensa em um coquetel na sede da cervejaria Labatt, no centro de Toronto. O concurso, em sua segunda edição, será realizado no próximo dia 5 de maio, no On the Park Events & Conference Centre, estando os ingressos praticamente esgotados.

O evento de gala, que visa destacar a beleza de mulher brasileira e a cultura brasileira, este ano terá como beneficiária a Luso Canadian Charitable Society, entidade que proporciona atividades de integração social e aprendizado a deficientes físicos de língua portuguesa. O beneficiário de 2011 foi a DeSouza Institute Foundation.

Além do desfile das candidatas, o evento trará artistas comunitários. Com início às 18h30min, o concurso deste ano irá até 1h30min da madrugada, com open bar. O website é www.missbrazilcanada.ca.

Os organizadores do concurso, o cabeleireiro Abelardo Oliveira e Josivaldo Rodrigues, serão entrevistados no programa “Fala, Brasil” no próximo dia 23. O programa vai ao ar das 21 às 22 horas no 1610 AM da Rádio Voces Latinas de Toronto, que pode ser ouvida em todo o Canadá pelo canal 951 do cabo da Rogers e em www.chha1610am.ca.

As candidatas deste ano são Juliana Reis, Daniela Correia, Brittany Campbell, Chantelle Landa, Damaris Pessoa, Karen Luciano, Krystal Oliveira, Lorrayne Amaral, Rosana Britto, Samantha Brito e Shary Freitas.

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Daniela Mercury bota Toronto pra ferver!

Posted by José Francisco V. Schuster em 23/10/2011

CLIQUE NAS FOTOS DUAS VEZES PARA AMPLIAÇÃO MÁXIMA.

Daniela Mercury trouxe toda a energia da Bahia e do Brasil para o seu show no último dia 20 de outubro na casa noturna Kool  House, em Toronto. Durante nada menos do que 2h40min, dançou sem parar e esbanjou muitos sorrisos para o público, formado por brasileiros e portugueses. Acompanhada por uma excelente banda e quatro bailarinos, revisitou os principais sucessos de sua carreira, fez homenagens a Chico Buarque, Elis Regina e Tom Jobim, e terminou o show com o Hino Nacional, segurando as bandeiras do Brasil e do Canadá. Valeu, sem dúvida, o esforço de ter poucas horas de sono para trabalhar na sexta-feira.

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Exaltasamba é sucesso no Brazilian Day Canada 2011

Posted by José Francisco V. Schuster em 05/09/2011

 

CLIQUE NAS FOTOS PARA AMPLIÁ-LAS  — CLICK ON THE PICTURES TO MAGNIFY THEM

Hora segunda, 5 de setembro às 13:30 – 06 de setembro às 01:00 Localização Yonge-Dundas Square At the corner of Yonge and Dundas Toronto, Ontario Criado por Dj Eddy Mais informações Join us for the 3rd annual Brazilian Day Canada a Free Concert at Yonge-Dundas Square on September 5th, 2011, Labour Day. Celebrate Brazil’s Independence Day two days early. This festival celebrates Canada’s multiculturalism through one of the most vibrant cultures in the world. Through traditional music, dance and food, Brazilian Day Canada gives everyone, no matter what their cultural background a chance to be Brazilian for a day. Last year more than 70 000 people gathered at Yonge-Dundas Square transforming the heart of Toronto into an ocean of green and yellow. The festival will close Yonge Street from Dundas St to Shuter St. Globo Television, the fourth largest network in the world and the powerhouse behind this international celebration will bring Brazilian superstars Exaltasamba television host Serginho Groisman. Brazilian Day Canada is free event. In the tradition of Brazilian Carnival, there are limited number of tickets available for those who wish to be closer to the action. Known as the Camarote, these tickets include a special Brazilian Day Canada T-shirt, access to the licensed area and washrooms during the event. CLICK HERE FOR VIP TICKETS : http://www.braziliandaycanada.ca/buytickets.html Brazilian Day Canada Festival: Free Concert – Samba in the Square Featuring: Exaltasamba, Hosted by Serginho Groisman PLUS Diogo Snow DJ Eddy DJ Roger Santos Batucada Carioca Joyce Candido Jose Paulo The Samba Connection Local MC Filipe Leite Susan Trindade *********************************************************** Brazilian Day Canada Official After Party Hard Rock Café @ Dundas Square 8pm to 1am Featuring: DJ Eddy AND DJ Roger Santos FOR TICKETS CLICK HERE : http://www.braziliandaycanada.ca/buytickets.html

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Brazilian Carnival Ball 2011

Posted by José Francisco V. Schuster em 17/04/2011

CLIQUE NAS FOTOS DUAS VEZES PARA AMPLIÁ-LAS // CLICK ON THE PICTURES TWICE TO MAGNIFY THEM

O Brazilian Carnival Ball existe há 44 anos e é um evento vitorioso de Toronto, Canadá. Criado pela mineira, a saudosa, Anna Maria Marcolini Guidi de Souza, o baile é beneficente e reúne anualmente cerca de dois mil convidados que desembolsam quinze mil dólares pela mesa mais barata. Em mais de quatro décadas, essa entidade filantrópica internacional bateu um recorde em contribuições e patrocínios: o baile se classifica entre as maiores galas beneficentes do mundo, a mais importante do calendário oficial canadense e o maior baile anual de carnaval brasileiro do planeta.

A existência de um baile de carnaval brasileiro tão importante no Canadá se deve ao empenho e dedicação da saudosa Anna Maria, de tradicional família mineira, filha de fazendeiros de café, nascida em São Sebastião do Paraíso. Anna Maria se radicou em Toronto em 1965, iniciou o Brazilian Carnival Ball no subsolo de uma igreja portuguesa em 1966 e conseguiu transformá-lo no baile de gala brasileiro mais importante do mundo.

Beneficiando obras nas áreas de cultura, saúde, pesquisa científica e assistência social, o Brazilian Carnival Ball contempla, a cada ano, um beneficiado brasileiro e um canadense. Em 2010, o Quadragésimo Quarto Brazilian Ball se realizou no dia 08 de maio, arrecadando 3 milhões de dólares para o Toronto East General Hospital, um hospital-escola coligado com a Universidade de Toronto que, além dos propósitos educacionais, também oferece atendimento completo à uma população de quase meio milhão de pessoas de 45 diferentes grupos culturais.  Em 44 anos de existência o Brazilian Ball arrecadou mais de 57 milhões de dólares e desde 2001 cada baile supera a cifra de dois milhões.

http://www.brazilianball.com/br/index.html

Posted in Reportagens | 1 Comment »

Jennifer Silva é a Miss Brazil Canada 2011

Posted by José Francisco V. Schuster em 11/04/2011

O Concurso Miss Brazil Canada é um magnifico evento de gala e entretenimento organizado por Abelardo Oliveira e Luis De Castro que tem como objetivo divulgar a beleza da Mulher e da Cultura Brasileira. Este belíssimo evento será realizado no dia 9 de Abril de 2011 no elegante On the Park Banquet Hall e incluirá open bar, música e jantar. Miss Brasil Canada estará em parceira com o Grupo Brasil of Ontario.

Em 2011, o beneficiário do Concurso Miss Brazil Canada será a Fundação DeSouza, que é um órgão criado dentro Princess Margareth Hospital para realizar pesquisas do câncer . Você é o nosso convidado especial para este evento glamoroso e sofisticado que conta com a presença das mulheres Brasileiras mais lindas do Canadá.Teremos também a participação de artistas Brasileiros de Toronto e convidados especiais vindos diretamente do Brasil como: a designer de jóias e empresária Kristhel Byancco e a fotógrafa que presta serviços para a Revista CARAS, Margareth Abussamra, a qual presenteará a vencedora do Concurso com uma seção de fotos exclusivas. De Toronto, teremos a participação da belíssima Miss Universe Canada 2009 Mariana Valente. A VENCEDORA RECEBERÁ UMA PASSAGEM PARA O BRASIL E UMA JÓIA DA KRYSTHEL BYANNCO ENTRE OUTROS PRÊMIOS.

http://missbrazilcanada.ca/

CLIQUE NAS FOTOS DUAS VEZES PARA AMPLIÁ-LAS AO MÁXIMO

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Carnaval brasileiro de 2011 de Toronto homenageia o Boi Bumbá

Posted by José Francisco V. Schuster em 06/03/2011

Clique nas fotos para ampliá-las

O Hungarian Hall recebeu 800 pessoas, esgotando sua lotação apesar da chuva e depois da neve, para a festa de carnaval brasileira de Toronto, organizada por Angela Mesquita e Fernanda Cortes, na noite de 5 de março. Este ano, as organizadoras homenagearam o carnaval do Amazonas, onde os bois Caprichoso e Garantido dividem torcidas na festa do Boi Bumbá, em Parintins. O salão recebeu uma decoração com motivos amazônicos, destacando-se as araras e tucanos, com painéis cobrindo completamente as paredes e aves enfeitando as mesas.

A animação foi garantida pelo Maracatu Baque de Bamba, liderado por Aline Morales, seguido pelo grupo Bracatum, de Carlinhos Pernambucano e tendo ainda Cibele Iglesias como cantora, e terminando com a Escola de Samba de Toronto, comandada por Alan  “Canadense” Hetherington. O DJ Simba manteve o embalo durante os intervalos. As dançarinas do Dance Migration, por sua vez, mostraram ter muito samba no pé. As mais de 100 pessoas que não conseguiram comprar ingressos, porque os procuraram na última hora, quando já haviam esgotado, perderam uma grande noite.

Posted in Reportagens | 1 Comment »

Orquestra de Toronto toca “O Guarani”

Posted by José Francisco V. Schuster em 05/12/2010

Foi emocionante ver a Orquestra de Toronto executar esta tarde, no Toronto Centre for the Arts, a abertura da ópera “O Guarani”, de Carlos Gomes, para uma plateia lotada. O orgulho de ser brasileiro fica dobrado quando se sabe que a maestrina é a brasileira Danielle Lisboa. Tema de abertura do programa “A Voz do Brasil” (há 70 anos no ar), o Guarani é baseada no romance homônimo de José de Alencar. A maestrina fez um resumo da história de Ceci e Peri – uma metáfora para o processo de formação do Brasil, com a chegada dos portugueses no território até então dos índios.

Em um dia dedicado às crianças, hoje até uma loja de instrumentos musicais que trouxe vários instrumentos para que as crianças pudessem conhecê-los e tocá-los, antes do início, no intervalo e no fim do concerto. No final, todas ainda ganharam de presente uma flauta doce. É assim que se garante a sobrevivência da música clássica no futuro…

A maestrina Danielle Lisboa será a entrevistada desta quarta-feira do “Fala, Brasil”, às 21 horas no 1610 AM. Não perca! Mais detalhes em https://brasilnocanada.wordpress.com/radio – dá para ouvir até do Brasil, pela internet.
Clique nas fotos para ampliá-las

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Eliminatória do Canadá do “Talento Brasil” mostra valores da comunidade

Posted by José Francisco V. Schuster em 08/11/2010

Clique nas fotos para ampliá-las

Um grande número de artistas da comunidade participou no último domingo à tarde da eliminatória de Toronto do concurso Talento Brasil (www.talentobrasil.com), organizado pela Rede Globo. No Canadá, a eliminatória ocorreu no Lula Lounge, em Toronto, organizada pelo presidente do Grupo Brasil, Josivaldo Rodrigues. O campeão e a vice (esta vinda de Vancouver) participarão da final em Miami, nos Estados Unidos.

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Zelia Duncan agita Toronto no encerramento do Brazil Film Fest 2010

Posted by José Francisco V. Schuster em 25/10/2010

Clique duas vezes nas fotos para ampliá-las

O Brazil Film Fest 2010, realizado de quinta-feira a domingo, terminou em grande estilo com um grande show de Zélia Duncan no mesmo local do festival – o cinema The Royal, localizado na área da College e Grace. Um bom público, formado na sua maioria por brasileiros, desafiou o frio e a chuva em Toronto para acompanhar com grande entusiasmo o show, aplaudindo os grandes sucessos da cantora, como “Alma”, “Sentidos”, “Catedral”, “Telhados de Paris”e tantos outros. Supersimpática, Zélia ainda posou para fotos ao final com seus fãs.

A mesma equipe produz de 26 de novembro a 2 de dezembro o  Festival du Film Brésilien de Montreal 2010, dando uma nova oportunidade aos brasileiros que residem no Canadá e aos canadenses de assistirem filmes como Besouro, Blue Eyes, Time of Fear e Elvis & Madonna. Detalhes em http://brazilfilmfest.net/

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Brasileiros em Toronto fazem missa especial para N. S. Aparecida

Posted by José Francisco V. Schuster em 11/10/2010

Um grande número de fiéis compareceram no último domingo à missa  especial em honra de Nossa Senhora Aparecida realizada na Igreja Santo Antônio, em Toronto.  Iniciada com uma pequena procissão que partiu do estacionamento da igreja, a imagem entrou no templo em um andor, seguida de muitas crianças vestidas de anjos. No altar, um arco de balões azuis e brancos esperava para sob ele ser colocada a imagem da padroeira do Brasil.  As ofertas incluíram ramos de trigo,uvas e uma rede de pesca, colocados ao pé do altar sobre uma grande faixa verde-amarela. No final da missa, a imagem voltou a entrar na igreja, em um pequeno barco, sob um foco de luz. Depois da missa, o tradicional encontro no salão da igreja incluiu um bolo no formato da bandeira do Brasil, com a imagem de Nossa Senhora sobre ela.

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Festa de N. S. Aparecida beneficia instituições de caridade no Brasil

Posted by José Francisco V. Schuster em 10/10/2010

Os brasileiros de Toronto realizaram no último sábado sua tradicional festa anual de Nossa Senhora Aparecida, no salão da igreja Santo Antônio, com toda renda revertida para obras de caridade no Brasil. Os ingressos esgotaram-se uma semana antes. Vários artistas da comunidade cantaram, como Marcelo Neves, Cibelle Iglesias, Carlinhos e Juninho Pernambucano, contribuindo para um sucesso total, enquanto que a pista ficou cheia. Veja as fotos (clique duas vezes para ampliá-las).

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Ivete Sangalo faz um grande show no segundo Brazilian Day Canada

Posted by José Francisco V. Schuster em 07/09/2010


CLIQUE DUAS VEZES NAS FOTOS PARA AMPLIÁ-LAS AO MÁXIMO

Ouça a entrevista coletiva completa que Serginho Groisman e Ivete Sangalo deram antes do show nesta quarta-feira, às 21 horas, no programa de rádio “Fala, Brasil”, que vai ao ar no 1610 AM da radio Voces Latinas de Toronto, no canal 951 do cabo da Rogers (em todo o Canadá) e em http://www.sanlorenzo.ca.

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

CTG Querência do Norte faz um baita de um churrasco

Posted by José Francisco V. Schuster em 29/08/2010

Clique três vezes nas fotos para ampliá-las.

O Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Querência do Norte, de Toronto, “o CTG mais ao norte do planeta”, promoveu hoje um churrasco para reunir uma parte da gauchada que está no Canadá. O patrão Paulo Garcia e a sua esposa Cristiane mais uma vez cederam seu pátio para os gaudérios poderem saborear uma carne “especial de primeira”, tomarem chimarrão e ouvirem músicas gauchescas.

O churrasco foi prestigiado pelo novo cônsul-geral do Brasil em Toronto, Afonso Cardoso, e sua esposa, a gaúcha de Santana do Livramento Solange Escosteguy Cardoso. O churrasco, feito com lenha em um autêntico fogo de chão, incluiu picanha, costela, salsichão e galinha. Felizmente, não havia hambúrguer…

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

BrazilFest leva milhares de brasileiros ao Earlscourt Park

Posted by José Francisco V. Schuster em 27/07/2010

Clique três vezes nas fotos para ampliá-las ao máximo

Os brasileiros de Toronto aproveitaram o domingo ensoladado de 25 de julho para comparecer em grande número à BrazilFest 2010, um dos maiores e mais tradicionais eventos da comunidade. Cerca de 20 mil pessoas foram ao Earlscourt Park, localizado na esquina da St. Clair West com a Caledonia, para aproveitar as várias atrações musicais e conferir os produtos e serviços apresentados por um grande número de expositores, que iam da gastronomia brasileira, com picanha no espeto, pastéis e doces, ao estande do Consulado-Geral do Brasil em Toronto, que prestava informações sobre seus serviços.

Em sua sétima edição, o evento promovido pela Itabras – dirigida por Antonio Scisci e Arilda de Oliveira – já encontra-se consolidado na comunidade como uma das grandes atrações para o verão dos brasileiros, estando o próximo já marcado para o ultimo final de semana de julho de 2011. Um público fiel acompanha desde a primeira edição, realizada nas ilhas de Toronto, tendo o festival sido realizado por um ano no Sunnyside Pavillion até estabelecer-se no Earlscourt Park, cujas amplas dimensões e localização central e próxima da comunidade são atrativos.

Estendendo-se das 12 às 22 horas e com entrada gratuita, este ano brasileiros e também muitos canadenses (onde incluem-se imigrantes do mundo inteiro) puderam ver no palco apresentações de dança dos grupos Brazil Dance World, Brazilian Zouk Dancers e Dance Migration, além de contagiarem-se com o som da bateria do Samba Elegua e de artistas da comunidade como Camila Derise (que também serviu como apresentadora), Carla Dias e Cibele Iglesias, Marcelo Neves e as bandas Tropicália e Bracatum. Nos intervalos, o DJ V (Vilton Miranda) comandou a festa. A Brazilfest 2010 foi prestigiada pelo novo Cônsul-Geral do Brasil em Toronto, Afonso José Sena Cardoso, que esteve acompanhado de sua esposa, Solange Escosteguy Cardoso, e do Cônsul-Geral Adjunto, Aldemo Garcia Júnior.

Posted in Reportagens | 1 Comment »

Roberto Carlos mostra toda a sua majestade também em Toronto

Posted by José Francisco V. Schuster em 01/06/2010

No feriadão do Dia da Rainha Vitória, era um rei quem mais chamava a atenção das comunidades de língua portuguesa e espanhola de Toronto: cerca de duas décadas depois de sua última visita à cidade, estava de volta Roberto Carlos, que fez shows no domingo e na segunda-feira no teatro Massey Hall.

O essencial, porém, é que Roberto Carlos não se tornou o rei da música brasileira por linhagem, mas por aclamação de uma legião de milhões de fãs ardorosos. Mais do que isso, seu reinado não se restringe a um país, com a maioria da plateia sendo composta por portugueses, seguidos de fãs oriundos de diversos países de língua espanhola da América Latina, para só em terceiro lugar virem os brasileiros. Assim, mesmo estando no Canadá, o rei foi reverenciado com lotação quase esgotada nos dois dias, em um amplo teatro de 2.700 lugares.

Roberto Carlos conseguiu ainda a proeza de vencer um dos maiores inimigos dos reis: o tempo. A turnê para celebrar 50 anos de carreira, que se estende por um ano inteiro, não trouxe ao Canadá um rei decadente, vivendo de glórias do passado. Com seu repertório, demonstrou que seus inúmeros sucessos não se originaram em um certo período, mas abrangem toda a extensão de sua carreira. Roberto soube evoluir e reinventar-se a cada um dos seus mais de 50 álbuns, que venderam mais de 120 milhões de cópias no mundo inteiro.

Tendo iniciado com o rock, em seguida formou no Brasil o movimento da Jovem Guarda na década de 60, passando a ser um intérprete romântico a partir dos anos 70. Ainda hoje, seu grandioso especial de final de ano na Rede Globo, que vai ao ar desde 1974, é aguardado com ansiedade.

Uma ansiedade que também não faltou aos fãs canadenses, que avidamente começaram a procurar por bilhetes desde o anúncio do show pela Holywood Productions, ainda em meados do ano passado. Com os lugares esgotados para o primeiro dia e quase esgotados para o segundo, surgiu a angústia com um possível cancelamento. A mãe do cantor, Laura Moreira Braga, tema de sua canção “Lady Laura”, faleceu em 17 de abril último, aos 96 anos, sendo que em 1999, quando faleceu sua esposa, Maria Rita, Roberto Carlos passou por um período de reclusão. Uma contratura muscular, além disso, fez com que os médicos lhe ordenassem três dias de repouso, com o adiamento dos espectáculos marcados para os dias 19 e 20 de Maio em Houston e El Paso, nos Estados Unidos. A sorte, contudo, esteve a nosso lado – lembre-se ainda que o show programado para hoje na Guatemala foi adiado pela erupção de um vulcão.

Em Toronto, tudo correu da forma mais perfeita possível. O rei chegou de Chicago em seu jato particular, seguindo-se em um voo de carreira um grande séquito, incluindo-se uma banda com cerca de 20 músicos, além de toneladas em equipamentos. Com som e efeitos de iluminação impecáveis, a representar um céu estrelado, Roberto subiu ao palco vestido todo de branco, permitindo-se apenas um pequeno lenço azul no bolso. São manias a que um rei se dá ao direito, às quais acrescenta-se ser praticamente inacessível, tendo mesmo rejeitado uma entrevista coletiva com a comunicação social e tendo embarcado rapidamente em um automóvel, apesar da grande quantidade de fãs lhe esperando por um longo tempo à saída do teatro.

Justiça seja feita, o cantor manteve seu ritual de, ao final do espetáculo, beijar dúzias de rosas vermelhas e brancas e entregá-las à multidão de fãs, que as disputavam na beira do palco como se fosse um troféu. Todavia, no que mais importa, cada um, da plateia às galerias, foi brindado com nada menos do que duas horas ininterruptas de canções, desde “Emoções”, para iniciar, a “Jesus Cristo”, no final – ainda cedeu aos apelos e voltou para cantar “Amada amante” e “Eu quero apenas”.

Recheando o show, incluiu canções da Jovem Guarda, lembrou de sua fase mais erótica (com canções como “Proposta” e “Côncavo e convexo”), pegou no violão para tocar “Detalhes” e cantou em inglês (“de cais do porto”, como ele definiu), espanhol (”El dia em que mi quieras”) e italiano (“Un gato nel blu”). Para o público português, dedicou “Coimbra”, sendo muito aplaudido. E não faltou a homenagem à sua mãe com “Lady Laura”, que afirmou ser “difícil de cantar” neste momento. Nas pequenas conversas com seus “súditos”, o cantor de 69 anos de idade, nascido em Cachoeiro do Itapemirim, disse ainda que era um prazer estar em Toronto após 20 anos. “São dramas, romances, comédias. Um entrar e sair de ilusões por 50 anos”, falou para arrematar o grandioso e inesquecível espetáculo.

Obrigado, Roberto, por ter vindo a Toronto e nos ter permitido compartilhar das Bodas de Ouro de sua carreira. Pode ter certeza que os votos das mais de cinco mil pessoas que lá estiveram é de que ainda tenha um longo reinado pela frente e que aqui no Canadá as portas e corações estarão sempre abertos para recebê-lo. Obrigado, Eduardo Vieira, pela ousadia de apostar neste espectáculo, em uma coragem que poucos empresários têm. E, desde já, obrigado por aventurar-se em mais uma empreitada: a Hollywood Productions planeja agora trazer a Toronto Zezé di Camargo & Luciano.

CLIQUE TRÊS VEZES NAS FOTOS PARA AMPLIÁ-LAS AO MÁXIMO
* DIREITOS RESERVADOS – PROIBIDO CÓPIAS SEM AUTORIZAÇÃO *

Posted in Reportagens | 1 Comment »

Calcinha Preta traz alegria e sensualidade a Toronto

Posted by José Francisco V. Schuster em 28/09/2009

CLIQUE TRÊS VEZES  NAS FOTOS PARA AMPLIÁ-LAS AO MÁXIMO

Não é fácil conseguir que artistas no ápice de sua carreira aceitem sair de seu país, onde estão a ser aclamados, para turnês no exterior, onde são por vezes menos conhecidos. A ousadia da Hollywood Productions, do empresário Eduardo Vieira, em conjunto com o restaurante Brazilian Star e a Star Remittance, conseguiu trazer pela primeira vez ao Canadá a banda de forró Calcinha Preta. Um grande público foi ao Ukranian Cultural Centre, na área da Bloor e Christie, na noite da última quinta-feira, para o show de uma das bandas de maior sucesso no Brasil atualmente, em especial após ser a primeira banda de forró a ter uma música incluída na trilha sonora de uma novela da Rede Globo: “Você não vale nada”, tema da personagem Norminha, da novela “Caminho das Índias”.

Por mais de uma hora e meia, a Calcinha Preta conseguiu que o público acompanhasse o show em sua maioria em pé, cantando e até dançando junto. Aliás, a banda é uma das principais divulgadoras do ritmo oriundo do Nordeste do Brasil no exterior, tendo realizado turnês em vários países. Desta vez, depois de Toronto, ainda foram no final de semana a Dembory, Nova Iorque e Boston, nos Estados Unidos. É a consagração de uma carreira onde em 13 anos foram lançados nada menos do que 20 CDs, com mais de 10 milhões deles tendo sido vendidos, e três DVDs, com mais de dois milhões de cópias vendidas. Nem mesmo as diversas trocas de componentes porque passou a banda, fundada por Gilton Andrade em Aracaju, em 1996, prejudicou uma carreira ascendente.

Por ser um colecionador de calcinhas pretas, Gilton resolveu dar este nome à banda que formou. Daí já fica indicado que não se deve esperar puritanismo no show: o guarda-roupa tanto das vocalistas femininas como dos dois casais de bailarinos que os acompanham, com roupas justas e reveladoras, aliado a movimentos de palcos provocantes, transpira sensualidade. Os integrantes da banda, aliás, ao longo de todo o show, jogaram muitas calcinhas pretas ao público, que as disputaram avidamente.

A superprodução que é o espetáculo do Calcinha Preta deixa o público eletrizado o tempo inteiro. Além do visual, há cuidado com a luz e, naturalmente, com o som, a cargo de uma grande e competente banda. Vieram a Toronto quatro vocalistas – e só não teria vindo uma quinta porque seu visto teria sido negado pelos Estados Unidos. Paulinha Abelha, Silvânia Aquino, Bell Oliver e Marlos Vianna revezavam-se em intrepretações em duplas ou a sós, fazendo com que a intensidade do espectáculo não caísse nem por um segundo, ao cantar vários dos muitos sucessos da banda.

Com o cuidado de também sempre prestigiar os artistas locais, a Hollywood Productions encantou o público com a surpresa de trazer para o início da noite Salviano Pessoa, que demonstrou, com três bailarinos, ser o forró também um ritmo forte na sua carreira, embora seja mais conhecido no Canadá pelo axé, tendo inclusive lançado recentemente o CD “Axé na Rave”. O trio formado por Edmilson Moreira, Júnior Fender e Elias Santos também empolgou o público.

Os espectadores, aliás, aplaudiram muito quando a mestre de cerimônias, Sonia Ribeiro, junto a Eduardo Vieira, anunciou que a vinda do Calcinha Preta era um teste para a possibilidade de trazer outros artistas brasileiros, como Leonardo, Zezé de Camargo e Luciano, e Eduardo Costa.

A platéia, formada por portugueses, brasileiros e até alguns hispanos, não poderia ter saído mais satisfeita.

Posted in Reportagens | 1 Comment »

Lançamento do CD de Salviano Pessoa sacode o Lula Lounge

Posted by José Francisco V. Schuster em 14/09/2009

CLIQUE NAS FOTOS TRÊS VEZES PARA AMPLIAÇÃO MÁXIMA

Um único artista individual foi convidado para shows nas duas principais comemorações da Independência do Brasil em Toronto, o Brazilian Day e a BrazilFest, há uma semana: Salviano Pessoa, um artista que conseguiu contagiar a multidão em seus dois espetáculos, onde ninguém conseguiu ficar parado com suas animadas canções com ritmos originários da Bahia, além de uma postura em palco eletrizante. Com uma carreira consolidada também no Brasil, Salviano se consagra como o segundo artista brasileiro de sucesso em Toronto, tornando-se uma espécie de embaixador dos ritmos da Bahia, assim como Marcelo Neves o fez para o sertanejo.

Para fechar com chave de ouro a semana de sucesso (depois de já ter feito um show no cruzeiro de aniversário da revista Etc&tal), Salviano lançou na última sexta-feira na casa noturna Lula Longe, seu CD “Axé na Rave”, reunindo um grande público que dançou a valer até a madrugada. “Axé significa energia, e rave significa festa”, explicou o artista. Nas 12 canções que compõem o CD, Salviano faz uma “salada de ritmos”, como ele próprio define, com o axé, ritmo tradicional da Bahia, misturando-se a pitadas de música eletrônica, zouk, raggae, samba-raggae, ragga pop, raggamuffin e até ciranda, ritmo popular de Pernambuco. “Foi o meu primeiro trabalho com axé, e ficou pronto em menos de um mês”, conta o artista, explicando que decidiu gravá-lo para trazer algo de novo quando recebeu o convite para vir ao Canadá, em mais uma de suas idas e vindas entre os dois países.

Afinal, apesar de jovem, Salviano tem muitas histórias para contar. Nascido em Jequié, no interior da Bahia, despertava vendo pendurado na parede do seu quarto um quadrinho onde se lia “cada um carrega dentro de si uma canção”. “Qual a minha canção?”, perguntou-se ele, que foi para a capital do estado, Salvador, tocar em bares quando tinha apenas 17 anos. Logo em seguida, já estava a tocar em blocos de carnaval e com apenas 20 anos lançou seus dois primeiros CDs, ainda sob o nome artístico de Netto Zeen. Até seu terceiro CD, intitulado Universong, transitava entre a música popular brasileira, o samba, o jazz e o hip hop.

Tendo vindo ao Canadá para casar-se em 2007, gravou um DVD em Montreal. De volta ao Brasil, fez shows em diversos festivais em Salvador. A participação no programa Ídolos, da Rede Record (a versão brasileira do Canadian Idol), porém, foi quem lhe deu projecção nacional no Brasil e lhe rendeu o convite para a tocar na BrazilFest 2008 de Toronto. Salviano, de volta ao Brasil, fazia shows em São Paulo quando recebeu o convite para integrar o cruzeiro de 1º aniversário da revista Etc&tal, para uma segunda participação na BrazilFest e ainda no 1º Brazilian Day de Toronto. Agora, prepara-se para espetáculos em Ottawa, Montreal, Vancouver e até em Boston, nos Estados Unidos, antes de começar uma turnê pela Europa onde Barcelona já está confirmada. “Aproveitem enquanto ainda estou em Toronto”, avisa ele aos fãs, acrescentando que diversas músicas também podem ser vistas no You Tube.

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

1º Brazilian Day de Toronto reúne 10 mil pessoas

Posted by José Francisco V. Schuster em 08/09/2009

CLIQUE TRÊS VEZES NAS FOTOS PARA AMPLIÁ-LAS AO MÁXIMO

Veja a reportagem da Globo clicando aqui

Veja o vídeo de Marcelo Neves cantando o hino nacional, de autoria deste blogueiro, abaixo:

Dificilmente Toronto já terá visto tantos brasileiros reunidos como na tarde da última segunda-feira na Yonge-Dundas Square. Estima-se que 10 mil pessoas formaram um mar verde e amarelo na praça situada no coração de Toronto para o 1º Brazilian Day do Canadá. A promoção da TV Globo Internacional, braço para o exterior da principal emissora de televisão da América Latina, chegou pela primeira vez a Toronto, depois de já ser uma tradição em Nova York, onde é celebrado há 25 anos. “O Brazilian Day chegou ao Canadá para ficar”, disse Amauri Soares, representante da TV, para delírio dos que superlotavam a praça, esperando para ver dois dos principais artistas brasileiros, Carlinhos Brown e Elba Ramalho, além do apresentador Luciano Huck, que comanda semanalmente o programa “Caldeirão do Huck”.

Além do representante da TV, o evento teve sua fita inaugural cortada pelo presidente da Câmara Municipal (prefeito) de Toronto, David Muller, aclamado pela comunidade, e pela produtora local, Tania Nuttall. Também estiveram lá presentes, em um belo dia de verão, o deputado federal (MP) Mário Silva, o vereador Adam Giambrone, o embaixador do Brasil em Ottawa, Paulo Cordeiro de Andrade Pinto, e o cônsul-geral do Brasil em Toronto, Américo Dyott Fontenelle. Em uma mostra da integração entre os dois países, o evento foi iniciado com uma cerimónia indígena canadiana. Em seguida, foi a vez de Valerie Stanois entoar o hino canadiano e Marcelo Neves cantar o hino brasileiro de forma soberba, acompanhado pela multidão em êxtase.

Em seguida, os mestres de cerimónias Filipe Leite e Susan Trindade chamaram os artistas locais, que não deixaram nada a desejar. A Batucada Carioca, junto com Cibele Iglesias, já começou a fazer a praça estremecer ao som do samba. O pop-rock da banda Donna Lolla, oriunda do Rio de Janeiro, por sua vez, mostrou que o Brasil também tem muito sucesso neste ritmo. Salviano Pessoa, por sua vez, trouxe o axé da Bahia e vários outros ritmos, e mesmo chegou a pular para o lado do público, em uma festa onde ninguém mais conseguia ficar triste ou parado.

Luciano Huck, então, chegou para mostrar porque é o apresentador mais bem sucedido da nova geração da TV brasileira, gravando no palco trechos para o seu programa dentro da fórmula que o consagrou: encontrar o que cada pessoa tem a dizer. Com uma legião de fãs mesmo em Toronto, ele foi encarregado de chamar ao palco as duas grandes atracções do dia. Elba Ramalho cantou vários de seus sucessos de 30 anos de carreira, nos quais ajudou a popularizar os ritmos do Nordeste do Brasil para todo o país. Mesmo já não sendo uma menina, Elba pulou e dançou por todo o palco, de salto alto, o espetáculo inteiro. Carlinhos Brown, por sua vez, chegou para implantar o carnaval definitivamente na praça. Com um grande cocar indígena na cabeça, assim como Elba ele se aproximou diversas vezes do público, eletrizado por sua performance. Ao final, ainda mostrou que o Brasil está a ensinar o Canadá a sambar, com o grupo Samba Kidz tendo realizado uma actuação em conjunto com ele. Com tudo isto, foi uma tarde para os brasileiros saírem de alma lavada.

Agora, já esperam pelo espectáculo da banda de forró Calcinha Preta, cujo sucesso se tornou ainda maior no Brasil após o sucesso da música “Você não vale nada, mas eu gosto de você”, que faz parte da trilha da novela “Caminho das Índias”, actualmente em exibição pela TV Globo Internacional. Será na quinta-feira, dia 24, no Ukranian Cultural Centre, no 83 Christie. Os ingressos estão à venda pelos telefones (416) 532-3666 e (416) 537-1305.

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

BrazilFest consagra-se como festa da comunidade

Posted by José Francisco V. Schuster em 08/09/2009

CLIQUE TRÊS VEZES NAS FOTOS PARA AMPLIÁ-LAS AO MÁXIMO

O Earlscourt Park, na St.Clair com Caledonia, parecia um pedacinho do Brasil no último domingo, com a 6ª edição da BrazilFest, um evento que já se tornou tradicional na comunidade, sendo ansiosamente aguardado todos os verões. Programado inicialmente para julho, ele teve de ser adiado devido à greve dos funcionários da Câmara Municipal (Prefeitura) de Toronto à época. De qualquer forma, valeu a espera, porque o último domingo foi de temperatura agradável e ainda coincidiu com o final de semana das comemorações da independência do Brasil, dando um colorido especial ao evento. Além disso, a transferência para o novo local, mais próximo da comunidade (as edições anteriores foram nas ilhas de Toronto e no Sunnyside Park), parece ter agradado, com um público estimado em mais de seis mil pessoas.

O amplo espaço permitiu que se intalassem numerosas barracas dos mais diferentes tipos de serviços, incluindo a gastronomia típica brasileira, com as carnes no espeto, pastéis, doces e outros. Além disso, o evento promovido pela Itabras, empresa de Arilda de Oliveira e Antonio Scisci, trouxe para a parte artística grandes artistas da comunidade e vindos do Brasil. Lá estiveram, entre outros, o consagrado Marcelo Neves, o grupo de dança Brazil Dance World e as bandas Donna Lolla, Bracatum e de Salviano Pessoa, que está a lançar o seu CD nesta sexta-feira no Lula Lounge. Assim, a BrazilFest entrou pela noite a dentro, com milhares de pessoas de todas as idades divertindo-se a valer, várias delas carrengando bandeiras do Brasil.

A importância da iniciativa foi destacada pelo vereador Cesar Palacio, que além de ajudar na obtenção das licenças para o parque ainda concedeu um certificado de apreço para a Itabras. Também compareceram à BrazilFest 2009 o deputado federal (MP) Mário Silva, o embaixador do Brasil em Ottawa, Paulo Cordeiro de Andrade Pinto, e o cônsul-geral adjunto do Brasil em Toronto, Aldemo Garcia Júnior, todos unânimes em dar os parabéns pela promoção aos organizadores.

Posted in Reportagens | 1 Comment »

Bandeira brasileira é hasteada na prefeitura de Toronto

Posted by José Francisco V. Schuster em 08/09/2009

Autoridades brasileiras e canadenses na cerimônia

Autoridades brasileiras e canadenses na cerimônia

Por uma semana a bandeira verde e amarela do Brasil vai ficar a tremular em frente à Câmara Municipal (Prefeitura) de Toronto, na parte fronteira da Nathan Phillips Square, na esquina da Queen com a Bay. A homenagem de Toronto à independência do Brasil teve início na tarde de domingo, por iniciativa do deputado federal (MP) Mário Silva, que também é presidente da Associação Parlamentar Canadá-Brasil. Presentes ao içamento, que ocorre pelo segundo ano consecutivo, estavam o vereador Cesar Palacio, o embaixador do Brasil em Ottawa, Paulo Cordeiro de Andrade Pinto, e o cônsul-geral do Brasil em Toronto, Américo Dyott Fontenelle.

Cesar Palacio destacou que a comunidade brasileira é uma das que mais cresce no Canadá, enquanto que o embaixador brasileiro enfatizou o crescente intercâmbio comercial entre os dois países, com investimentos brasileiros no Canadá e vice-versa. Lembrou que entre as várias empresas brasileiras instaladas no Canadá estão gigantes como Vale Inco, Votorantim (St. Mary’s), Gerdau e Labatt. Com menor divulgação do que no ano passado, o içamento teve um público mais reduzido este ano, mas o grupo de brasileiros que lá compareceu emocionou-se, mais uma vez, ao ver Marcelo Neves entoar, “a capella”, o hino nacional brasileiro.

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

3º Festival de Cinema Brasileiro de Toronto

Posted by José Francisco V. Schuster em 08/09/2009

Barbara de La Fuente e Cecília Queiroz

Barbara de La Fuente e Cecília Queiroz

A força do cinema brasileiro já não é mais desconhecida em Toronto, onde o Festival de Cinema Brasileiro (Brafft) promovido pelas empresas Southern Mirrors e Puente chega a sua terceira edição. Realizado da última sexta-feira até ontem, terça-feira, o Festival impressiona pela quantidade de filmes inscritos para a mostra competitiva: nada menos do que 208, dos quais o curador Celso Sabbadin teve que selecionar somente 17, entre curtas e longas-metragens.

Realizado no Bloor Cinema, na área da Bloor e Bathurst, o Festival se destaca não só pela quantidade de filmes como pela sua qualidade, como prova o facto de cerca de dois terços do público ser composto por canadianos. Além disso, o evento, coordenado por Bárbara de la Fuente e Cecília Queiroz, ainda se destaca por seus eventos paralelos, de seminários a mostras de animação para mídias alternativas. Com produtores vindo do Brasil para participar do Festival, ele também serve para a realização de negócios e parcerias com o Canadá na área cinematográfica.

O Brafft trouxe este ano, entre outros filmes, “Divã”, visto por mais de 1,8 milhão de pessoas, e “Nome Próprio”, grande vencedor do Festival de Cinema de Gramado de 2008. A mostra competitiva apresentou, dentre outros, “Simonal – Ninguém sabe o duro que dei”, “Loki -Arnaldo Baptista”, “O menino da porteira” e “Se nada mais der certo”. Treze filmes competiram pelo troféu Golden Maple. A cerimónia de premiação estava prevista para a noite de ontem no Lula Lounge. O sítio do festival é http://www.brafft.com.

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Darlan Rosa expõe em Toronto

Posted by José Francisco V. Schuster em 08/09/2009

Darlan Rosa2

O artista entre o cônsul Fontenelle e o cônsul-adjunto Garcia Júnior

A arte brasileira invadiu na última quinta-feira um dos pontos turísticos mais tradicionais de Toronto, o Brookfield Place, localizado no 181 da Bay Street. O teto envidraçado em elipse, criando uma sensação futurista, foi o local ideal para o artista plástico Darlan Rosa, de Brasília, instalar sua exposição “Zero gravity”. São seis imensas bolas coloridas que, na intenção do artista, pretendem simular a falta de gravidade – embora na verdade estejam presas ao teto por fios o mais discretos possível. Apaixonado por computação gráfica, Darlan disse que com essa exposição lançou-se ao desafio de transpor objetos desenhados no computador, “onde não há gravidade”, para o mundo real.

Já filho de escultor, Darlan herdou o gosto pela arte. Porém, como considera que as galerias intimidam as pessoas, prefere as obras para espaços externos, tendo esculturas instaladas em diversas capitais de estados brasileiros, na França, em El Salvador, na Jordânia e até na Palestina. O curioso é que as peças trazidas a Toronto, que vistas a longa distância parecem metálicas, na verdade são de plástico e, justamente para parecerem desafiar a gravidade, muito leves. Desmontáveis, elas puderam ser transportadas facilmente por via postal. A mostra, que pode ser vista até dia 19, contou em seu coquetel de abertura com a presença do cônsul-geral do Brasil em Toronto, Américo Diott Fontenelle, do cônsul-geral adjunto, Aldemo Garcia Júnior, e da miss Canadá, Mariana Valente, que é nascida no Brasil. Agora, o artista pretende levar a exposição a Ottawa e Montreal em 2010.

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Etc&tal festeja 1º aniversário com cruzeiro

Posted by José Francisco V. Schuster em 31/08/2009

CLIQUE TRÊS VEZES NAS FOTOS PARA AMPLIÁ-LAS AO MÁXIMO

Um animado cruzeiro pelo lago Ontário, a bordo do “Enterprise 2000”, serviu para comemorar o 1º aniversário da revista Etc&tal, de Isa Melo. O cônsul-geral Adjunto do Brasil em Toronto, Aldemo Garcia Júnior, o presidente do Grupo Brasil, Josivaldo Rodrigues, e centenas de outras personalidades e empresários das comunidades brasileira e portuguesa prestigiaram o cruzeiro, que se desenrolou por toda a tarde do último domingo e, mesmo assim, muitas pessoas permaneciam a bordo após o barco estar atracado de volta ao pier, tal o alto astral.

Afinal, Isa chamou para a parte artística do cruzeiro os melhores artistas da comunidade brasileira: não faltaram Marcelo Neves e Salviano Pessoa, ambos fazendo grandes shows que encheram a pista de danças. Também estavam lá músicos de primeira linha como Alan “Canadense” Hetherington, da Escola de Samba de Toronto, Aline Morales, do Maracatu Nunca Antes, e o baterista Bola. Não faltaram ainda os dançarinos da Brazil Nativa Dance Company, incluindo duas passistas com as exuberantes fantasias típicas do Carnaval brasileiro em corpos esculturais. A música portuguesa, por sua vez, esteve representada por Décio Gonçalves.

O cruzeiro contou ainda com um saboroso bufê do Europa Catering, distribuição de camisetas nas cores branca e preta com o logotipo da revista e, como não poderia deixar de ser, um bolo de aniversário, cortado após o “parabéns a você”. Aliás, para contentar a todos, Isa Melo providenciou múltiplos bolos de aniversário, em diversos sabores. Com tudo isto e mais um dia de bom tempo, o cruzeiro foi um dos eventos mais importantes deste verão, e não surpreende que as pessoas não quisessem ir embora ao final.

Posted in Reportagens | 1 Comment »

Ministério Viva Brasil comemora a independência

Posted by José Francisco V. Schuster em 31/08/2009

CLIQUE TRÊS VEZES NAS FOTOS PARA AMPLIÁ-LAS AO MÁXIMO

A comunidade brasileira do Ontário deu inicio aos festejos dos 187 anos da independência, proclamada em 7 de Setembro de 1822 por D. Pedro I, com um convívio daqueles que se instalaram em Mississauga. Mais de uma centena de pessoas reuniram-se na noite do último sábado no salão da igreja Grace, na área da Mississauga Rd e Argentia, para cantar o hino nacional brasileiro e ouvir música gospel brasileira com Bralha & Suas Tralhas, Aristeu Pires e Sonya Cavalcante, além de realizarem um saboroso jantar em sistema de “potluck”. A promoção foi do Ministério Viva Brasil, iniciado em 2007 pelo pastor Armando Padovan.

“A nossa idéia é integrar a comunidade brasileira à canadense ”, disse Padovan, explicando que os cultos dos domingos pela manhã são realizados em conjunto. “É muito conveniente nos integrarmos à cultura do país que nos acolhe e darmos um pouco da nossa a eles”, ponderou, afirmando que os canadenses recebem a cultura brasileira “maravilhosamente bem. Somos tratados com muito respeito, carinho e amor”. Enfatizando, porém, que “somos brasileiros e queremos preservar nossa cultura”, o Ministério Viva Brasil decidiu promover a animada festividade relativa à independência, que além de brasileiros residindo em Mississauga trouxe visitantes de Toronto e até de Cambridge, prolongando-se pela noite a dentro.

Posted in Reportagens | 4 Comments »

Brasil marca presença na CNE

Posted by José Francisco V. Schuster em 24/08/2009

Clique três vezes na foto para ampliar ao máximo

O multiculturalismo característico do Canadá não poderia ficar de lado da maior feira do país, a Canadian National Exhibition (CNE) que está completando 175 anos. Esta marca registrada de Toronto, que leva cerca de 1,3 milhão de pessoas anualmente aos Exhibition Grounds no final do verão, inclui um Pavilhão Internacional onde ocorrem diariamente shows de artistas oriundos de diversos países do mundo, além de haver estandes com produtos vindos de vários pontos do globo. O Brasil, mais uma vez, está marcando presença na CNE, que abriu as portas na última sexta-feira e que, como sempre, se estenderá até o feriado do Dia do Trabalho (Labour Day), que neste ano cai em 7 de Setembro.

O grupo Samba Brasil está presente pelo segundo ano na CNE, tendo se apresentado no último sábado às 18h30min, e tendo um novo show programado como encerramento das atrações no Pavilhão Internacional, no dia 7 de Setembro, às 17 horas, justamente no dia em que se comemora os 187 anos da independência do Brasil. “A receptividade é muito boa, pois é um espectáculo bem animado e as pessoas não estão acostumadas a ver as fantasias enormes e a música empolgante”, diz a coreógrafa do grupo, Tatiana Almeida. Com o show, afirma, muitas pessoas ficam interessadas em participar dos cursos de samba e capoeira que o Samba Brasil oferece. O grupo, que já havia se apresentado no domingo anterior no Samba on Dundas, também foi convidado para festivais como o Carassauga e o Carabram, além de ter um show fixo no restaurante Red Violin e ser chamado para eventos corporativos e casamentos.

O Brasil, além disso, conta com três estandes no Pavilhão Internacional, através da empresa canadense Crystal Palace, todos a oferecer belos minerais e pedras preciosas brasileiras. Além de fósseis, há ametistas, rubis, esmeraldas e inúmeras outras pedras, transformadas tanto como jóias como em objetos de decoração, talhados no formato de árvores e animais.

A CNE, porém, é uma fonte inesgotável de atrações, e é por isso que multidões a visitam ano após ano e chegam a buscar os passes que permitem múltiplas visitas na temporada. O gigantesco parque de diversões é quase um sinônimo da feira, com sua roda-gigante, montanha russa e tantos outros brinquedos que levam a adrenalina ao máximo. Também é incontável o número de barracas com jogos diversos, fazendo com que muitas pessoas acabem por sair da CNE com o prêmio mais característico: os bichos de pelúcia. Tendo de desfiles ao vibrante show aéreo, a diversão é garantida para todas as idades. Há tanto a ver que é recomendado reservar ao menos um dia inteiro para percorrer a feira, além de uma boa disposição física para percorrer os 192 acres de área, que se estendem da Strachan até a Dufferin e da Gardiner até a Lakeshore. Mais detalhes e até os ingressos podem ser conseguidos no site www.theex.com.

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Samba toma conta da Dundas

Posted by José Francisco V. Schuster em 17/08/2009

Clique três vezes na foto para ampliação máxima

A Dundas West entre Gladstone e Sheridan, principal área do comércio brasileiro em Toronto e também importante para o comércio português, parecia o Rio de Janeiro no último domingo, com o contagiante som do samba tendo tomado conta da rua. O ritmo da Escola de Samba de Toronto e a beleza escultural das dançarinas do Samba Brasil fez com que um grande número de pessoas fosse à esquina da Gladstone para acompanhar o início da quarta edição do Samba on Dundas, evento anual realizado pela Dundas West Business Improvement Association (BIA). Como em todo lugar onde há samba, era difícil ficar parado. Mesmo os canadianos, considerados “duros” para o gingado que o samba exige, arriscavam alguns passos desajeitados, e até foram chamados pelas bailarinas para as acompanharem ao final.

Uma hora depois, a Escola de Samba de Toronto, liderada por Alan Hetherington, liderava uma multidão atrás dela em desfile pela calçada da Dundas (já que ainda não foi possível obter uma licença para fechar o trânsito de veículos) rumo ao parque Teresa’s Place, a oeste da Dufferin. Era como para sonhar que um dia a Dundas será como a Marquês de Sapucaí, a rua dos principais desfiles do carnaval do Rio de Janeiro, como diz o samba-enredo da Escola de Toronto. No Teresa’s Place, foi a vez da bossa nova do Copacabana Trio, da Capoeira Camará (uma escola de Toronto onde se pratica o misto de dança e luta que foi levado pelos escravos ao Brasil) e do grupo Samba Squad, com Afrolusophone e Dance Migration. Com o dia de tempo bom e temperatura a beirar os 30 graus, foi uma tarde para sentir-se em pleno Brasil.

“Assim como existe o Salsa no St. Clair, temos o Samba on Dundas”, explica João Merli, tesoureiro da Dundas West BIA, que é presidida por Sylvia Fernandez. Ele conta que a escolha pela música brasileira foi porque “ela é muito bem vista, é vibante, é calorosa, e todos param para ver”. Além disso, aquela é a principal região de comércio brasileiro de Toronto.

Merli disse que o Samba on Dundas é realizado em busca de atrair novos comerciantes para a área da BIA, que vai da Rusholme à Lansdowne. “Queremos mostrar aos potenciais investidores que é uma área movimentada”, argumentou, observando que ali se encontram cafés, talhos (açougues), cabeleireiros, agências de viagens e outros serviços. “A Dundas está muito bem servida”, garantiu. Porém, apesar de estarem inclusive a surgir novos estabelecimentos, a BIA quer buscar substitutos para os proprietários próximos à reforma que não conseguiram atrair seus filhos para os negócios. “Esses comércios antigos ficam com aparência de degradados, por falta de investimentos”, afirma o tesoureiro da BIA.

Para tornar a área atraente aos negócios, a BIA, iniciada há cinco anos, está a tomar iniciativas como colocar cartazes nos postes e deve colocar vasos de flores. Além disso, participou na criação do Teresa’s Place. “A Toronto Housing tinha uma cerca feia. Fizemos um jardim no local e é muito mais bonito hoje”, afirma Merli. O nome do parque é, inclusive, em homenagem a Teresa Melo, falecida integrante da direcção da BIA que muito colaborou. Além disso, a BIA organizou para que no último sábado os comerciantes fizessem vendas nas calçadas durante todo o dia.

Uma dificuldade, porém, é a ameça de que o estacionamento a partir das 16 horas venha a ser proibido a partir de 1º de outubro na rua, causando dificuldade de acessso aos consumidores. “Vamos lutar na Câmara Municipal, mas não vai ser fácil”, reconhece Merli, observando que o vereador da área, Adam Giambroni, é contrário ao estacionamento. “Ele tem conflito de interesse por também ser presidente dos TTC, que são contra estacionamentos”, entende o tesoureiro da BIA, que não quer ver os clientes espantados para os centros comerciais próximos, que oferecem estacionamento. Ele promete, entretanto, que a BIA está a se mobilizar para que a possibilidade de parar os carros mesmo na hora do “rush” continue, facilitando as compras na Dundas.

Leia a reportagem sobre a terceira edição do Samba on Dundas clicando aqui.

Posted in Reportagens | 2 Comments »

Centro Brasil-Angola comemora 10 anos

Posted by José Francisco V. Schuster em 11/08/2009

Brasil-AngolaUm churrasco realizado no High Park na tarde do último domingo serviu para celebrar o 10º aniversário do Centro de Informação Comunitária Brasil-Angola, reunindo voluntários e clientes para um convívio sob as frondosas árvores, aproveitando o sol que surgiu. Apenas algumas horas antes, porém, o piquenique chegou a estar ameaçado pelas fortes chuvas que caíram sobre Toronto, obrigado os organizadores, que preparavam o local, a refugiarem-se no caminhão que trouxe o material. A greve na prefeitura de Toronto, além disso, também já havia trazido risco de cancelamento ao evento, que ficou com um curto espaço para promoção junto à comunidade. Apesar de todos os fatores contrários, o churrasco pôde ser realizado como programado, com os participantes deliciando-se com o bufê de saladas, carnes e sobremesas ao estilo “all-you-can-eat”, acompanhado do típico guaraná brasileiro. CONTINUA…

Continue lendo »

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Os Fevers fazem vibrar o Centro Cultural Português de Mississauga

Posted by José Francisco V. Schuster em 06/07/2009

Nove Ilhas 07 Jul 09 Fevers 3

Fevers levam grande público a Mississauga

Não é qualquer conjunto que consegue fazer com que o público dance sem parar durante as duas horas de seu espetáculo, conhecendo e cantando todas as músicas tocadas, da primeira à última. Aliás, a massa humana que estava junto ao palco, mais do que deixar as mesas quase vazias, ainda impediu os artistas de fazerem um intervalo e ainda exigiu que voltassem ao final para mais algumas canções. Este é um privilégio de uma banda que tem uma das mais longas carreiras do mundo, completando em 2009 nada menos do que 45 anos, com 34 discos gravados, recheados com inúmeros sucessos que os levaram a conquistar uma legião de fãs tanto no Brasil como em Portugal, onde obtiveram o disco de ouro com “Olhos Negros”.

Os The Fevers, ou simplesmente Fevers, realizaram na noite da última sexta-feira um show inesquecível na sede do Centro Cultural Português de Mississauga, em uma promoção da Hollywood Productions, de Eduardo Vieira. A popularidade do conjunto fez até mesmo com que a cantora luso-americana Emily, que veio da Califórnia para um show em Dundalk, fizesse questão de comparecer ao clube para ver seus ídolos – acabou sendo convidada por Eduardo a abrir o espetáculo, cantando três canções. Outros viajaram de diversas cidades do Ontário especialmente para ver o show. Não se arrependeram: após um esmerado coquetel de entrada e de um sofisticado jantar, os Fevers apresentaram uma abrangente retrospectiva de sua longa carreira, sem mesmo deixar espaço entre uma música e outra.

A longevidade e extensividade da carreira os permitiu escolher para apresentar apenas grandes sucessos, fazendo com que não houvesse pontos fracos no espetáculo, impedindo que as pessoas pensassem em sentar. Foram sendo desfiados sucessos como “Mar de Rosas”, Guerra dos Sexos” (tema de abertura da novela da Rede Globo de mesmo nome), “Ioiô” (da trilha do filme “Bye, Bye Brazil”, de Cacá Dieges), “Boa sorte” (de autoria do escritor Paulo Coelho, e que foi dedicada aos portugueses), “Whisky a go-go”, “Uni duni tê”(dedicada ao público infantil) e tantas outras.

Não faltaram, ainda, homenagens aos mentores musicais do grupo: os Beatles (dos quais cantaram “Yesterday”, “Imagine”e “Hey Jude”) e a Jovem Guarda. Os Fevers também homenagearam o período da discoteca, o final dos anos 70, com a canção “Eu sou mais eu”, uma versão para “YMCA”. Já a música brasileira contemporânea foi lembrada com a canção “É preciso sabe viver”, dos Titãs.

Luiz Cláudio (voz), Rama Amaral (guitarra), Liébert Ferreira (baixo), Miguel Ângelo (teclados) e Otávio Henrique (bateria) demonstraram, além de sua competência, uma grande vitalidade, não demonstrando cansaço apesar de seus integrantes já contarem com idades comparáveis as dos Rolling Stones. Depois do show, ainda atenderam bem dispostos à longa fila de fãs que buscavam um autógrafo nos CD e DVD do grupo colocados à venda. No dia seguinte, ainda fizeram mais um show, desta feita no CHIN Picnic – ao ar livre e gratuito. O retorno ao Canadá para uma segunda turnê foi resultado do sucesso da primeira viagem, em setembro do ano passado, quando fizeram espetáculos no Ontario Place e no clube de Mississauga, também pelas mãos de Eduardo Vieira. O empresário, aliás, arrancou muitos aplausos ao prometer trazer outras grandes atrações a Toronto: Leonardo , em 18 ou 19 de setembro e, Roberto Carlos, em 2010.

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Sérgio Fernandes lança o livro “De Dentro”

Posted by José Francisco V. Schuster em 01/06/2009

Sérgio FernandesUma questionamento sobre fatos do cotidiano que muitas vezes passam despercebidos, além de relatos de sua história é o que apresenta o escritor brasileiro Sérgio Fernandes, que lançou seu primeiro livro, “De Dentro”, ao entardecer de sábado na galeria Alberto de Castro da Casa do Alentejo. Em estilo de prosa poética, o autor apresenta histórias curtas, de uma a duas páginas, onde convida o leitor, em uma linguagem leve mas ao mesmo tempo incisiva, a refletir sobre a infância, paixões, cidades, poderosos e vários outros temas. O nome “De Dentro” vem de o autor considerar o livro como um filho, que reflete o interior de sua alma.

Com 37 anos vividos no Canadá, Sérgio dá sua contribuição à literatura em língua portuguesa de emigração ao incluir vivências tanto de seu país de nascimento como de adoção. Ele não esquece, ainda, de suas raízes portuguesas, como segunda geração de famílias originárias de Vila Real e Celorico de Bastos que emigraram para o Rio de Janeiro, tendo inclusive percorrido Portugal de Norte a Sul em busca de resgatar não só sua genealogia mas também sua herança cultural.

A apresentação do livro foi feita por Ana Sansa, José Pedro Ferreira e este blogueiro, seguindo-se um debate com o autor, que agradeceu o apoio prestado pela Casa do Alentejo, e um coquetel. Fernandes agora viaja para fazer o lançamento do livro no Brasil, devendo dedicar-se em seguida a preparar sua segunda obra. “Quando se começa a escrever, não se quer mais parar”, concluiu.

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Inauguração da churrascaria Copacabana Brazilian Grill

Posted by José Francisco V. Schuster em 01/06/2009

CLIQUE TRÊS VEZES NAS FOTOS PARA AMPLIAÇÃO MÁXIMA

Nas amplas planícies do Sul do Brasil, que desenvolveram-se a partir da criação de gado, foi criado pelos seus habitantes, chamados de gaúchos, o delicioso e inconfundível churrasco brasileiro, que atravessou fronteiras e que é muito elogiado pelas revistas de culinária internacionais. Na última quarta-feira, Toronto ganhou uma opção para apreciar as carnes assadas em espetos na brasa com a inauguração da churrascaria Copacabana Brazilian Grill, no 150 da Eglinton East, entre Yonge e Mount Pleasant. Com 150 lugares, contando com o pátio, a churrascaria funciona em sistema de rodízio.

São oferecidos diariamente de 17 a 20 tipos de carne, entre picanha, alcatra, costela e muitos outros cortes, inclusive frango e até criações próprias da Copacabana, como a alcatra com queijo. Ao final, o abacaxi com canela assado no espeto, novidade nas churrascarias de todo o mundo, traz um sabor especial. Como se não bastasse, ainda há um bufê de saladas, massas e pães. Para acompanhar, também estão disponíveis bebidas tipicamente brasileiras, como a caipirinha, a cerveja Brahma e o guaraná.

Além disso, a Copacabana oferece um contacto com a cultura brasileira, com atracções ao vivo como a banda Copacabana, a tocar música popular brasileira, bossa nova e outros ritmos. Também há apresentações de capoeira, o misto de dança e arte marcial criado pelos escravos na Bahia que tornou-se um esporte praticado em todo o mundo. Não faltam, ainda, dançarinas a apresentar o samba com toda a sua graça.

O gerente-geral, John Munhoz, é um colombiano que apaixonou-se pela cultura brasileira, tendo chefiado churrascarias em Miami, Nova Iorque e na Costa Rica. “É impossível não contaminar-se pelo calor humano brasileiro”, disse ele. Os proprietários, os empresários Michael e Simo Rudan, por sua vez, trazem a experiência de quatro anos a dirigir a churrascaria Copacabana de Niagara Falls. A experiência canadiana deve conduzir, segundo eles, à abertura de novas filiais nos Estados Unidos. A autenticidade do empreendimento é garantida com a presença de brasileiros tanto na cozinha como a servir as mesas.

Em Toronto, a Copacabana funciona de segunda a sexta-feira de 11 às 15 horas para almoço e das 17 horas em diante para o jantar. Aos sábados, está aberta a partir das 16 horas e no domingo, a partir de 15 horas. O corte da fita inaugural e o coquetel que seguiu-se contou com a presença do cônsul-geral adjunto so Brasil em Toronto, Aldemo Garcia Júnior, da chefe do setor de Promoção Comercial do Consulado, Wanja Nóbrega, e do patrão (presidente) do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Querência do Norte, Paulo Garcia, que pretende fazer da Copacabana um ponto de encontro dos gaúchos e demais brasileiros que vivem na área de Toronto.

Clique aqui para ver o post de quando a churrascaria foi aberta.

Posted in Reportagens | 1 Comment »

Brasil faz workshop para agentes de viagens canadenses

Posted by José Francisco V. Schuster em 25/05/2009

CLIQUE TRÊS VEZES NAS FOTOS PARA AMPLIAÇÃO MÁXIMA

Dos turistas que visitam o Brasil, 91% recomendam a viagem a outras pessoas e 86% tem inteção de voltar para conhecer suas muitas outras atracções, pois é imposível ver tudo em uma viagem só. O dado foi apresentado pelo diretor do escritório de Nova Iorque do Instituto Brasileiro do Turismo (Embratur), Miguel José Jerónimo, no workshop “Discover Brazil”, realizado ao entardecer da última quinta-feira no The Westin Harbour Castle Hotel. O evento, que reuniu cerca de 140 agentes de viagens, também serviu para a criação de um comité que será responsável pela divulgação turística do Brasil no Canadá.

O workshop, que contou com a presença do cônsul-geral adjunto do Brasil em Toronto, Aldemo Garcia Júnior, e da chefe do Setor de Promoção Comercial do Consulado, Wanja Nóbrega, serviu para enfatizar que o Brasil oferece aos turistas muito mais do que sol e praias, tendo muitas razões para ser a “viagem dos sonhos” de uma vida inteira. Jerónimo observou que o Brasil tem muito a oferecer em termos de cultura, ecoturismo, esporte e negócios e eventos. Uma variedade de destinos estão disponíveis de norte a sul em um país de dimensões continentais, com atracções tão variadas como a Amazónia, Recife e Olinda, Salvador, Minas Gerais, Rio de Janeiro, as cataratas do Iguaçu e Santa Catarina, entre muitos outros.

Portugal é o terceiro maior país em origem de turistas para o Brasil, com 280 mil pessoas por ano, logo atrás da Argentina (920 mil) e os Estados Unidos (699 mil). O Canadá está em 15º lugar, com 63 mil. Cada turista passa em média 16 dias no Brasil, atraído pela beleza natural, pelas praias, pela cultura e pelo povo hospitaleiro, ao lado de uma excelente infra-estrutura de recepção. Os agentes de viagem puderam participar de um “trade show” com companhias aéreas e operadores de turismo brasileiro, além de mesas-redondas, onde puderam aprofundar seus conhecimentos sobre o Brasil. O workshop foi concluído com um coquetel, sorteios e a música ao vivo da Funk Yourself Band, com vários agentes juntando-se aos brasileiros para, animadamente, ensaiar alguns passos de samba.

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

A brasileira Mariana é a Miss Universe Canada 2009!

Posted by José Francisco V. Schuster em 25/05/2009

CLIQUE TRÊS VEZES NAS FOTOS PARA AMPLIAÇÃO MÁXIMA

Nascida em São José dos Campos, no estado de São Paulo, Mariana emigrou para o Canadá aos 12 anos de idade, quando seu pai trocou um emprego na fabricante brasileira de aviões Embraer pela canadense Bombardier. Sempre tendo gostado de fotografar e das passarelas, ela venceu os concursos Miss Brasil no Canadá de 2002 e Miss Latina Canadá 2007. Segundo ela, a cultura brasileira, com seu calor humano e “jogo de cintura” em qualquer parte da vida, a beneficiaram no desfile. “Com o jeitinho brasileiro de desfilar, foi tudo tranqüilo”, disse a Miss Canada 2009. A maior dificuldade, afirmou, foi conciliar com os estudos universitários, onde ela se graduará no final deste ano.

Para o futuro, além do sonho de ser professora de pré-escola, o título agora a coloca em uma posição de estar “aberta a oportunidades”. “Até porque o Canadá é um país de oportunidades”, entende ela, observando que alcançou um sonho mesmo sendo emigrante. Sua preocupação mais imediata, porém, é viajar  para a Colômbia, onde vai encontrar-se com o estilista que vai preparar seu guarda-roupa para o Miss Universe. Além disso, ela pretende que, com sua vitória, este ano o evento em benefício da Brazilian Association for Social and Education Support (Base), uma fundação criada há três anos por sua família em benefício de crianças abusadas da cidade de Caxambu, no estado de Minas Gerais, a ser realizado em setembro, seja o maior de todos. “Com este evento, queremos obter recursos suficientes para finalizar a reconstrução de uma casa para as crianças”, disse ela. “Se cada pessoa fizar sua parte, o mundo será bem melhor”, concluiu.

Posted in Reportagens | 4 Comments »

Revista Capoeira é lançada no Bavia Arts

Posted by José Francisco V. Schuster em 11/05/2009

CLIQUE TRÊS VEZES NAS FOTOS PARA AMPLIAÇÃO MÁXIMA

Os grupos envolvidos com a arte brasileira em Toronto, inclusive as cinco escolas de capoeira, tiveram uma rara oportunidade de encontro no entardecer do último sábado, durante o lançamento da revista Capoeira, que possui versões em inglês e português, no Centro Cultural Bavia Arts, localizado na área da St. Clair com Oakwood. “É mais uma oportunidade para colocar juntos a comunidade brasileira residente em Toronto com canadenses interessados na cultura brasileira”, disse o cônsul-geral adjunto do Brasil em Toronto, Aldemo Garcia Júnior, organizador do lançamento. CONTINUA…

Continue lendo »

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

PIN fecha após mais de 30 anos assistindo a comunidade

Posted by José Francisco V. Schuster em 05/04/2009

Voto decidiu fim do PIN

Voto decidiu fim do PIN

Com massacrantes 17 votos a favor, um contra e uma abstenção, bastou menos de uma hora de assembléia para selar o fim dos mais de 30 anos de história da Associação Portuguesa de Serviços Comunitários, mais conhecida pela sigla  PIN (Portuguese Interagency Network). A decisão foi tomada na última terça-feira, em reunião na sede da Catholic Childen’s Aid Society, localizada no segundo andar do Dufferin Mall. Os vilões desta perda para a comunidade de língua portuguesa de Toronto, segundo a presidente, Cidália Pereira, seriam os governos de todos os níveis (federal, provincial e municipal), que começaram há duas décadas a reduzir drasticamente os recursos para a assistência social, especialmente o da província do Ontário durante a gestão do primeiro-ministro Mike Harris, de 1995 a 2002. Assim, o PIN fechou suas portas com um orçamento para 2009 de irrisórios nove mil dólares, concedidos pela prefeitura de Toronto. CONTINUA…

Continue lendo »

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Centro Abrigo promove carnaval de gala

Posted by José Francisco V. Schuster em 02/03/2009

Muito luxo e muita alegria marcaram o Grand Carnival Ball realizado na noite do último sábado pelo Centro Abrigo no Liberty Grand, um imponente prédio do Exhibition Place, como forma de arrecadar fundos para a agência sediada no Dufferin Mall que presta diversos serviços de assistência à comunidade. Cerca de 340 pessoas compareceram ao elegante jantar e baile, com muitos usando black tie ou fantasias de carnaval. Ao lado do luxuoso salão, todo decorado com balões sobre as mesas, houve um leilão silencioso de um grande número de peças variadas, de colecionáveis esportivos a utilidades. CONTINUA…

Continue lendo »

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Carnaval 2009 traz calor do Brasil ao Canadá

Posted by José Francisco V. Schuster em 23/02/2009

VEJA TAMBÉM A REPORTAGEM E AS FOTOS DO CARNAVAL 2010. CLIQUE EM

CHECK ALSO THE COVERAGE FOR THE BRAZILIAN CARNIVAL 2010 IN TORONTO! Click at

https://brasilnocanada.wordpress.com/2010/02/16/1302-carnaval-brasil-2010-em-toronto-no-ukranian-hall/

CLIQUE TRÊS VEZES NA FOTO PARA AMPLIAÇÃO MÁXIMA

VEJA TAMBÉM A REPORTAGEM E AS FOTOS DO CARNAVAL 2010. CLIQUE EM

CHECK ALSO THE COVERAGE FOR THE BRAZILIAN CARNIVAL 2010 IN TORONTO! Click at

https://brasilnocanada.wordpress.com/2010/02/16/1302-carnaval-brasil-2010-em-toronto-no-ukranian-hall/

Beleza, luxo e muito samba marcaram as festas de Carnaval brasileiro no último sábado em Toronto. A comunidade brasileira esqueceu da neve que caía aquela noite na cidade e por algumas horas pôde sonhar que estava na maior festa popular do mundo, que naquele momento reunia milhares de pessoas em cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Recife. CONTINUA…

Continue lendo »

Posted in Reportagens | Etiquetado: | 1 Comment »

Trabalhar no Canadá exige adaptação dos imigrantes

Posted by José Francisco V. Schuster em 21/02/2009

trabalhoEntre as tantas mudanças que sofre a vida do imigrante que chega ao Canadá, uma que é menos conhecida dos recém-chegados são as diferenças culturais no trabalho. Contudo, adaptar-se a elas é essencial para o sucesso profissional. “O ambiente de trabalho no Canadá segue um padrão anglo-saxão de comportamento, derivado da ética protestante dos colonizadores, e que não é multicultural”, alertou o consultor em carreiras Hewton Tavares, que liderou na última sexta-feira o workshop “Diferenças Culturais no Trabalho”, realizado pelo Centro de Informação Comunitária Brasil-Angola, sediado na Casa São Cristóvão, localizada na esquina da Ossington com a Dundas West. CONTINUA…

Continue lendo »

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Sandro Liberato mostra talento também nas artes plásticas

Posted by José Francisco V. Schuster em 15/12/2008

sandro-liberato1Sandro Liberato, que há muito já é conhecido da comunidade brasileira de Toronto como músico, mostrou no último final de semana uma outra faceta de seu talento, desta vez como artista plástico. A exposição “Brasil com Z” realizada em uma casa na área da Dovercourt e Bloor, apresentou uma série de quadros onde se destacam as cores fortes, o tridimensionalismo e, principalmente, uma forte relação com o Brasil. “O Brasil é o motivo de motivo de todos os trabalhos que fiz e que vou fazer, porque está na raiz da gente. Por mais que a gente saia, o Brasil nunca sai da gente”, disse ele. ” Quando se está fora do Brasil, isso fica ainda mais maior, porque se passa a ver o país de outro ângulo”, acrescentou.

Continue lendo »

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Bavia Arts traz arte ao Natal

Posted by José Francisco V. Schuster em 15/12/2008

bavia-arts

Além da arte, feijoada no Bavia Arts

O Bavia Arts Centre, centro de cultura afro-brasileira inaugurado em outubro na área da St. Clair com a Oakwood, realizou com arte – como não poderia deixar de ser – sua Festa de Confraternização Natalina, com atrações variadas em sua sede durante todo o último final de semana. Quem passou por lá pôde ver vários exemplos do multiculturalismo brasileiro: o samba da Batucada Carioca e do Sambando Samba; a roda de capoeira da Escola de Capoeira Filhos de Bimba; bossa nova com Betty Santos e com Luanda Jones e Irinéa Maria Ribeiro; o forró do Nordeste com o Mulambo Groove; a dança de Newton Moraes e, em uma união com o Canadá, o jazz do grupo Natty Don’t Mind. Além disso, foi servida a típica feijoada brasileira, realizados leilões de arte e sorteios, e podiam ser adquiridos presentes de Natal alternativos, como bijuterias e produtos de beleza naturais.

Continue lendo »

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Trabalhadores da limpeza lutam por direitos

Posted by José Francisco V. Schuster em 12/12/2008

julio-silvaOs trabalhadores da limpeza em Toronto, onde portugueses e brasileiros fazem um grande percentual, começam a organizar-se em busca de seus direitos. O sindicato SEIU Local 2 está fazendo uma campanha para que mais pessoas se unam aos 12 mil membros atuais, nos quais já se incluem empregados das cinco maiores empresas de limpeza de Toronto: Unico, Hurley, Hallmark, Big Clean e Omni (esta através da Liuna Local 183). A adesão ao sindicato permite que os empregados passem a contar com direitos como contrato de trabalho, aumentos de salários anuais, pagamento de feriados, férias de até quatro semanas e vantagens aos mais antigos na empresa.

Continue lendo »

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Coligação Viver alerta para os riscos da Aids

Posted by José Francisco V. Schuster em 12/12/2008

AidsA Aids continua a ser um tabu no Canadá. “Não se fala do assunto em casa, na escola, na TV, em lugar nenhum”, queixou-se a brasileira Naly Lima, presidente da Viver – Coligação de Língua Portuguesa contra a Sida/Aids, que realizou no dia 1º de Dezembro, Dia Mundial da Sida/Aids, um fórum para debater a doença na Casa São Cristóvão, na área da Ossington com Dundas. “No Brasil, a mídia é modelo (na divulgação da Aids)”, comparou ela, observando que continua a haver muita falta de informação a respeito da doença. “Muita gente pensa até que a Aids tem cura, mas não tem”, insistiu a presidente.

Continue lendo »

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Centro Cultural Brasileiro de Toronto ganha forma

Posted by José Francisco V. Schuster em 25/11/2008

Direção provisória do CCBT

Direção provisória do CCBT

O antigo sonho da comunidade brasileira de Toronto de contar com uma entidade associativa enfim parece estar próximo de se tornar realidade. Cerca de uma centena de pessoas compareceram na tarde do último domingo no 1352 da Dundas Street West, próximo à Dufferin, onde se pretende que seja a futura sede do Centro Cultural Brasileiro de Toronto. O evento, além de um almoço, serviu para serem apresentados à comunidade os objetivos do Centro, o que seria necessário para torná-lo viável, e nomear a diretoria provisória, composta por Nara Schuler (líder do projeto), Paulo Garcia, Aldemo Garcia Júnior, Edna Raposo e José Francisco V. Schuster.

Continue lendo »

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Filme mostra o amor de Betinho pelo Brasil

Posted by José Francisco V. Schuster em 25/11/2008

Cônsul Fontenelle e Cecilia Rocha

Cônsul Fontenelle e Cecília Rocha

A vida foi impiedosa com Betinho, Henfil e Chico Mário, cuja história é contada no documentário “Três Irmãos de Sangue”, de 2006, apresentado na terça-feira passada pela primeira vez em Toronto, no Revue Theatre, situado na Roncesvalles. Além de os três serem hemofílicos, foram todos contaminados pelo vírus HIV através de transfusões de sangue. Mesmo assim, eles foram muito mais do que os símbolos da luta contra a AIDS no Brasil, onde colocaram o país como uma das referências mundiais no combate à doença. Os três foram grandes defensores de um Brasil mais justo e solidário, em um amor pelo país de profundidade raramente vista.

Continue lendo »

Posted in Reportagens | Leave a Comment »

Festival destaca produção cinematográfica brasileira

Posted by José Francisco V. Schuster em 10/11/2008

Barbara de la Fuente (centro) com o cônsul-geral do Brasil em Toronto, o cônsul-geral adjunto e esposas

Barbara de la Fuente (centro) com o cônsul-geral do Brasil em Toronto, o cônsul-geral adjunto e esposas

O inédito lançamento de um filme no Canadá simultaneamente com sua entrada no circuito comercial no Brasil  (“Orquestra dos Meninos”, na última sexta-feira), foi um dos destaques do  Segundo Festival Brasileiro de Filmes de Toronto, realizado de quinta-feira a domingo no Bloor Cinema, na área da Bloor e Bathurst, em uma produção das empresas Puente, no Brasil, e Southern Mirrors, no Canadá.  Em sua segunda edição, o Festival também trouxe a novidade de incluir uma mostra competitiva, com mais de 200 filmes tendo se inscrito para apenas 13 vagas.

 

Entre os escolhidos pelo curador do festival, o crítico de cinema Celso Sabadi,  estiveram “1958 – o ano em que o mundo descobriu o Brasil”, “Meu nome não é Johnny” e  “Pindorama – a verdadeira história dos sete anões”. Já entre os filmes convidados estiveram “Não por acaso”, abrindo o Festival, e “Querô”, no encerramento. Além disso, este ano foi incluída a mostra paralela “Up to 3’”, reservada a filmes de animação com até três minutos de duração, como “Deu no Jornal”,  “Intolerância” e “Lelê”. “Estes filmes são para o novo mercado de celular, jogos e internet”, explica a produtora do Festival, Barbara de la Fuente.

Funcionando como “uma vitrine” para o cinema brasileiro, o Festival contou em sua abertura com a presença do cônsul-geral do Brasil em Toronto, Américo Dyott Fontenelle, e dos cônsules-gerais adjuntos Aldemo Garcia Júnior e José Gilberto Jungblut. Mais do que fazer os brasileiros residentes do Canadá atualizarem-se com a intensa produção cinematrográfica verde-amarela, o Festival teve como público-alvo produtores e cineastas canadenses (os filmes eram legendados em inglês). “O Festival funciona para trocar experiências e gerar parcerias”, explica Barbara, observando que co-produções beneficiam-se de leis de incentivo de ambos os países. “É um benefício para os produtores, cineastas e para o público”, diz ela, lembrando que a  indústria cinematrográfica favorece a economia e gera um grande número de empregos. “A produção audiovisual no Brasil está crescendo muito e as co-produções com o Canadá já movem milhões de dólares por ano e devem crescer”, disse Bárbara.

Em sua apresentação, Sabbadin observou que o Brasil possui uma tal diversidade em todas as áreas, inclusive no cinema, que o faz ser muitas vezes referido no plural, como “Brasis”, e que o Festival procurava justamente mostrar que existe muito mais no país do que os chavões de samba, carnaval, violência e futebol. Com apoio do Ministério da Cultura, o Festival buscou mostrar o que há de inédito e criativo na produção cinematográfica brasileira, possibilitando aos canadenses compreender um pouco mais de “uma cultura tão complexa, diferenciada, miscigenada e fascinante”. O Festival trouxe ainda a Toronto a banda de rock brasileira Donna Lolla, que fez apresentações no Vida Lounge, no dia de abertura, no Maná Bar & Lounge e, no dia de encerramento, no Lula Lounge.

Posted in Reportagens | 2 Comments »

Comunidade ajuda gêmeos autistas

Posted by José Francisco V. Schuster em 03/11/2008

O Sport Club Lusitânia de Toronto mostrou que Haloween também é uma oportunidade para fazer o bem: na última sexta-feira, promoveu uma festa de caridade em prol do gêmeos autistas brasileiros George e Naya Czapski, de dois anos e meio de idade. Há suspeita de que o irmão mais velho dos dois, Pedro, de três anos e meio, também tenha autismo em um leve grau. A mãe das crianças, Valeska, lamenta que, além da doença, tem de enfrentar uma lista de espera de quatro a seis anos do governo até conseguir atendimento especializado para o caso. “O que adianta o médico me parabenizar por ter detectado cedo o problema se há uma fila de espera por anos?  É um absurdo”, critica ela.

O autismo é uma desordem neurológica que faz a criança viver em seu próprio mundo e ter um atraso no aprendizado. “Como podem alguns dizer que o autismo não tem cura se a causa é desconhecida?”, questiona Valeska. Segundo ela, há vários relatos de crianças que mostram avanços significativos após apenas um mês de trtamento. “Está comprovado que um tratamento de 40 horas semanais com fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional e de comportamento dá resultados”, afirma. O problema é que até o governo assumir o tratamento, o custo é de nada menos do que 7.800 dólares por mês, fazendo com que muitos pais de autistas vendam a própria casa para cobrir as despesas. “Antes disso, o que se  recebe do governo é no máximo 400 dólares por mês, o que não é nada no caso”, afima a mãe.

Valeska diz que vem fazendo um grande esforço para proporcionar aos gêmeos um atendimento mínimo por fonoaudiólogo, que custa 140 dólares a hora. Já o psiquiatra que avaliou George por três horas para diagnosticar que a criança tem autismo severo cobrou dois mil dólares pelo serviço. “Com o pouquíssimo dinheiro que consegui, eles já melhoraram”, disse a mãe.

Esta foi a quarta festa para arrecadar fundos que promoveu, todas com a generosa colaboração do cantor brasileiro Sandro Liberato na animação. Mais duas festas estão programadas para o mês de dezembro, uma no Centro Cultural Português de Mississauga e uma outra em Toronto, em local a ser definido, podendo ser novamente no Lusitânia. Esta, segundo a mãe, contaria com o show do cantor Marcelo Neves, que ficou também comovido com o caso. Com a falta de profissionais e a falta de informação sendo outros problemas para os pais de autistas, a própria Valeska está fazendo um curso de intrutora-terapeuta e ainda criou a  George and Naya Czapski Foundation. “Queremos mostrar aos pais que não precisam desesperar-se, pois tem cura”, disse ela. Doações para a fundação podem ser feitas diretamente no site www.georgenaya.com.

“As comunidades unidas têm muito mais força. Temos que nos juntar uns aos outros”, afirmou o presidente da direção do Lusitânia, Luís Ferreira, observando que diversos brasileiros presentes à festa de caridade mencionaram ter avós portugueses.

Posted in Reportagens | 5 Comments »

Marcelo Neves lança o CD “Coração Sem Vergonha”

Posted by José Francisco V. Schuster em 27/10/2008

Portugueses e brasileiros uniram-se na tarde do último domingo no Red Rose Convention Centre, em Mississauga, para o lançamento do quarto CD de Marcelo Neves, um dos artistas mais populares da comunidade. “Coração Sem Vergonha” foi apresentado no elegante centro de convenções com uma sofisticada produção, que incluiu telões, gelo seco e bolhas de sabão, para uma legião de fãs que aguardava ansiosa e ruidosamente pelo artista, muitos dos quais com uniforme e até com chapéu ao estilo sertanejo, como as canções de Marcelo.

O cantor que descobriu nas comunidades o gosto pela música de maior sucesso na área rural das regiões Sudeste e Centro-Oeste do Brasil (especialmente os estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Paraná) traz em seu novo trabalho composições próprias, sucessos brasileiros e ainda inova com parcerias que incluem Hernani Raposo (em “Fim da Estrada”), Tony Câmara (“Explode Coração),  Cibelle Iglesias (“Tche tche tche Mariquinha”), Netto (“De que Vale o Mundo”) e Simba (“Deixa o Chão Tremer”). Com sua alegria e ritmo contagiantes, Marcelo Neves e suas três simpáticas e competentes bailarinas fizeram com que parte do público aproveitasse a apresentação das vinte músicas, entre as do novo CD e antigos sucessos, para dançar pelo salão.

Continue lendo »

Posted in Reportagens | Leave a Comment »