Brasileiros no Canadá

O jornal eletrônico da comunidade brasileira no Canadá

Brazil Film Fest 08 festeja os 50 anos da Bossa Nova

Posted by José Francisco V. Schuster em 02/12/2008

brazil-film-fest-08

Cônsul-Geral Américo Fontenelle e Katia Adler

Ao contrário do que alguns desinformados pensam em outros países, no Canadá as pessoas não moram todas em iglus, o principal meio de transporte não são trenós puxados por cachorros e a neve não está presente 365 dias por ano. Da mesma forma, o Brasil é muito mais do que a violência retratada em filmes recentes que fizeram sucesso no exterior, como “Carandiru”, “Cidade de Deus” e “Tropa de Elite”. É isto que o Brazil Film Fest 08, o festival de cinema brasileiro realizado de quinta-feira a domingo no Isabel Bader Theatre, pretendeu mostrar em sua segunda edição. A pedido dos patrocinadores, a Associação Jangada, organizadora do festival, não incluiu nenhum filme violento entre os 14 que o integraram, preferindo mostrar outros ângulos do Brasil que não chegam às manchetes da imprensa no estrangeiro.

Dentro deste clima mais leve, o Brazil Film Fest 08 serviu para comemorar os 50 anos da Bossa Nova, o movimento musical que surgiu no Brasil na década de 1950 e que ainda é referência no jazz até hoje, com canções como “Garota de Ipanema”. Três dos 14 filmes do festival homenagearam este que é um dos ritmos brasileiros mais conhecidos fora do país: “Vinicius”, “Desafinados”e “Bossa Nova”, que foi exibido na noite de abertura, seguindo-se um concorrido coquetel no hotel Intercontinental. “A pessoa que sai de casa e fica duas horas em frente a uma tela quer divertimento. Já se vende uma imagem muito negativa do Brasil na televisão”, argumentou Katia Adler, presidente da Associação Jangada, que também organiza o festival de cinema brasileiro de Paris. Satisfeita com o crescimento do festival de Toronto, Katia obsevou que distribuidores locais também foram convidados, em uma aposta de que no futuro venham a acontecer co-produções entre Brasil e Canadá em filmes, documentários e até em programas de TV. Para isso, chegou a ser realizado ontem um painel de discussões sobre co-produções no National Film Board do Canadá. Além disso, a Jangada estará promovendo o festival também em Montreal, de 5 a 11 de Dezembro. “Contamos com o lado de negócios americano e o lado cultural francês”, analisou.
O cônsul-geral do Brasil em Toronto, Américo Dyott Fontenelle, que compareceu à abertura, disse ter uma “grande satisfação” em assistir a dois festivais de cinema brasileiro em Toronto em apenas um mês – de 6 a 9 de Novembro foi realizado o Segundo Festival Brasileiro de Filmes de Toronto “Isso mostra a grande capacidade empresarial brasileira de montar espetáculos em um cidade muito competitiva como Toronto, além de ser uma exibição ímpar da produção cinematográfica brasileira, que é de primeira qualidade, gerando maior mercado para o cinema brasileiro”, disse ele. Fontenelle destacou ainda a importância dos festivais para a comunidade brasileira em Toronto “para se juntarem em torno do Brasil”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: